Teatro de Arena Eugênio Kusnet recebe o espetáculo O Assalto

Teatro de Arena Eugênio Kusnet recebe o espetáculo O Assalto

Com texto de José Vicente, direção de Carlos Marroco e encenado pela Evoé Cia de Teatro, o espetáculo fica em cartaz sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 19h, no Teatro de Arena. Formam o elenco Lucas Barbugiani e Rodrigo Ximarelli. Os ingressos, com preços populares (R$ 20 e R$ 10, a meia entrada), podem ser adquiridos na bilheteria do teatro, a partir de uma hora antes do espetáculo.

 

O Assalto estreou, em 12 de janeiro, no Eugênio Kusnet (rua Teodoro Baima, 94 – Vila Buarque), para cumprir temporada até 4 de fevereiro. O espetáculo tem duração de 50 minutos e classificação etária de 16 anos

 

Na peça, Vitor aproveita seu último dia de trabalho no banco para acertar as contas com o sistema. O personagem vê em Hugo, o varredor do banco, a possibilidade de encontrar respostas para sua vida resumida a números. O jogo que se estabelece entre eles mistura manipulação psicológica, desejos pessoais, assédio sexual e as contradições sociais e humanas presentes na metrópole São Paulo.

 

O autor

O dramaturgo José Vicente de Paula (Alpinópolis, 1945 – São Paulo, 2007) sintetizou os anos 1970, retratando em sua obra a rebeldia e a poesia intrínsecas à geração da contracultura. Sua estreia no teatro aconteceu em 1969, com a montagem de O Assalto pelo Teatro Ipanema, com direção de Fauzi Arap e atuação de Rubens Corrêa e Ivan de Albuquerque. Temas como religião, homossexualidade e drogas são tratados com enfoque existencial e subjetivo, em diálogos que se aproximam do absurdo. José Vicente foi agraciado como melhor autor de 1968, com os prêmios Molière, Golfinho de Ouro e Associação Paulista de Críticos Teatrais (APCT).

 

A companhia

A Evoé Cia de Teatro nasceu em novembro de 2008, tendo como primeiro trabalho O Jogo do Folclore, de Rodrigo Ximarelli. O espetáculo estreou em 7 de junho de 2009 no espaço cultural Tendal da Lapa, cumprindo temporada de um mês. Em 2010, a peça foi apresentada em dois festivais. No ano seguinte, a companhia convidou o diretor Carlos Marroco para o projeto O assalto, com o objetivo de experimentar uma nova proposta cênica.

 

Mais informações: 3259-6409 e 3256-9463 efunartesp@gmail.com

Notícias relacionadas

background