Prefeitura entrega obras de recuperação da Praça Ramos de Azevedo

Prefeitura entrega obras de recuperação da Praça Ramos de Azevedo

No sábado, dia 16, a prefeitura entregou de volta à cidade a Praça Ramos de Azevedo, após as obras de “recuperação” feitas em parceria com empresas e empresários ligados à comunidade italiana, integrantes do projeto “Italia per San Paolo”, que objetiva “revitalizar” os monumentos da cidade – símbolos da aliança entre o Brasil e a Itália. A recuperação da praça custou R$ 3,5 milhões.

 

O monumento em homenagem a Carlos Gomes e a “Fonte dos Desejos”, conforme informação da Secretaria de Comunicação do município, “receberam atenção especial, com limpeza feita com uso de produtos específicos. Para remover as pichações, foram usadas várias técnicas para não danificar as esculturas.

 

Ronaldo Padovani, analista de negócios da Italian Trade Agency (ITA) e responsável pelo projeto, na ocasião de entrega da obra afirmou: “Para os monumentos de bronze, utilizamos produtos com baixa concentração química, para não ferir a pátina original. Tudo foi feito para manter a originalidade das obras”.

 

Ainda, de acordo com a informação oficial, o arco da obra Guarani, que faltava na estátua foi reposto e o sistema hidráulico da fonte e seu quadro de comando foram refeitos. A praça também recebeu uma câmera de alta definição, ligada ao sistema City Câmeras da Prefeitura, que vai gerar imagens em tempo real para a Central de Monitoramento da GCM.

 

Melhoria na iluminação – O Ilume, departamento encarregado da iluminação pública, realizou a manutenção da praça, instalando no local cinco postes ornamentais – “modelo SP antigo” – e seis novos refletores, para iluminar as estátuas Rui Barbosa, Guarani e Salvador Rosa. Toda a fiação foi enterrada. Também ganhou iluminação ornamental e oito refletores o muro ao lado da fonte, onde foram reposicionados os comandos elétricos, em uma caixa resistente a vandalismo. E, ainda, foi feita a troca das tubulações flexíveis por modelos rígidos para evitar a danificação da rede de cabos e fios, por roedores.

 

O projeto “Italia per San Paolo”

 

Além da Ramos de Azevedo, a Praça Imigrante Italiano, localizada na Zona Oeste, que foi entregue à população em agosto, e a Cidade de Milão, na Zona Sul, reinaugurada no domingo, 17, fazem parte da lista de monumentos do “Italia per San Paolo”. Essas ações foram idealizadas pelo Consulado Geral da Itália em São Paulo, pela Embaixada da Itália e pela Italian Trade Agency (ITA), que possibilitaram o contato entre a prefeitura e 24 empresas que patrocinam o projeto.

 

São integrantes do “Italia per San Paolo”: Grupo Comolatti, Geodata, Luigi Bauducco, Pirelli, e BCF Solutions, além da Tim, Enel, Graziella Matarazzo Leonetti/Andrea Matarazzo e Papaiz Participações. Grupo Gavio, GM Venture, Ied, Colégio Dante Alighieri, Costa Crociere e Intesa, assim como Sanpaolo, Lia Bridelli, Magnetti Marelli, Azimut, Mapei e Opem Brasil integram a equipe, que conta, ainda, com Prysmian, Tozzini Freire e Zaraplast. Os investimentos destas companhias somam um total de R$ 5 milhões.

Notícias relacionadas

background