São Paulo Absoluta é celebrada com artes

São Paulo Absoluta é celebrada com artes
Vernissage da exposição, em 25 de janeiro, no Cama e Café São Paulo

Como no ano passado, o jornal Centro em Foco e o Cama & Café São Paulo comemoram o aniversário da cidade com dois eventos culturais sob o tema São Paulo Absoluta. Uma exposição, com vernissage no dia 25, que apresenta obras de dois artistas plásticos paulistanos, cariocas de origem, mas tão amantes da capital paulista que a escolheram para viver e nela desenvolver a sua arte. Trata-se de Betty Rose Kurc e João Carlos Amazonas. O segundo evento foi a edição especial do Sarau do Jornal, realizada na noite do dia 27.

 

Apresentando obras de “acrílico sobre telas” de Betty Rose e aquarelas e desenhos à nanquim de João Carlos, a exposição foi inaugurada neste dia 25 de janeiro e estará aberta à visitação até o dia 23 de fevereiro. O sarau aconteceu, como de costume, na última sexta-feira do mês, reunindo um grande número de participantes.

Nessa exposição, Betty Rose homenageia a cidade, retratando sua diversidade cultural, social e étnica, a partir da observação apurada de seu cotidiano. João Carlos apresenta algumas das aquarelas e desenhos à nanquim, concebidos para a ilustração de poemas do livro Vida em Versos do poeta e jornalista Carlos Moura, cujo lançamento está previsto para o mês de abril.

O Centro em Foco propõe ao leitor que presenteie a cidade, visitando a exposição e apreciando a obra desses dois artistas que a têm presenteado com o seu trabalho. O cliente do Cama & Café São Paulo poderá apreciar a exposição, de segunda a sexta-feira a partir das 11h; os demais visitantes poderão fazê-lo, nos mesmos dias, das 14 às 17h.

Tela de Betty Rose

Decepcão – desenho de João Carlos

Sobre os artistas

Betty Rose Kurc é carioca, residente em São Paulo desde os 11 anos de idade. É graduada em Publicidade e Propaganda. A pintora nasceu e desenvolveu-se paralelamente à carreira na área publicitária: durante muitos anos atuou como artefinalista, diagramadora, ilustradora, pintora de desenho animado e diretora de arte.

Betty afirma não pertencer a uma escola, a um estilo: “Pinto a cidade que adotei e que amo. Olho pra ela e vejo contrastes de forma cândida, singela. Cheia de detalhes, de cinzas, de preto e branco e muitas cores. Mostro uma cidade de prédios, o colorido das casas, a alegria, o carroceiro, a flor e o solitário nas janelas, o movimento. As telas falam do meu amor pela cidade, que precisa de tanto verde, de seus contrastes. Olho as retas, as curvas, os quadrados das janelas. Faço pintura urbana”.

João Carlos é carioca, nascido em 1953, na cidade do Rio de Janeiro, mas reside em São Paulo “há muitos e muitos anos, e aqui sou feliz”. É engenheiro eletricista formado pela Faculdade de Engenharia São Paulo (FESP), em 1982, e também é graduado em Administração de Empresas (1998) e Economia (2001), pela Universidade Mackenzie.

Participou do Iº Salão Anchieta de Arte Jovem, em 1969, no qual foi agraciado com a Grande medalha de prata Anchieta e do V Salão Paulista de Arte Contemporânea – SP, em 1974. Antes, atuou no Atelier de Pintura de Takaoka, grupo Seibi, foi bolsista da Fundação Bienal e frequentou o Atelier de Serigrafia do artista Paulo Menten. Em 1986, cursou “Desenho e História da Arte” no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. Seu trabalho possui características figurativas, às vezes apresenta traços abstratos. Expressa-se por desenhos, xilogravuras, aquarela e pinturas.

Serviço:
Abertura da Exposição: 25/01, às 15h
Visitação: 26/01 a 23/02
(clientes do Cama & Café, de 2ª a 6ª feira, a partir das 11h;
demais visitantes, das 14h às 17h, nos mesmos dias)
Sarau do Jornal: 27/01, das 19h30 às 22h
Acesso gratuíto
Tels.: 11 3255-1568 / 98805-9171 / 3101-3760

Notícias relacionadas

background